Revista Acontece Sul

O sonho da cirurgia plástica

em Beleza & Saúde - sexta, 11 de setembro de 2015


Cirurgia Plástica hoje é Realidade

 

A cirurgia plástica hoje não é mais um tabu. Diferentemente do que se pensava há pouco tempo, ela é para todos: acessível para ambos os sexos e para todas as idades. Ela está desmistificada, mas não simplificada. Quando pensamos em fazer alguma mudança no nosso corpo ou na nossa face, é preciso prestar atenção a alguns pré-requisitos básicos.

Normalmente a escolha do cirurgião plástico se dá por indicação. Quando conhecemos alguém e vemos bons resultados, sentimos mais confiança no profissional. Porém, essa é uma escolha que só cabe ao paciente: visite o médico indicado e outros, e escolha aquele que mais lhe passou segurança. Outra questão importante é, antes de visitar o médico, confirmar se ele faz parte da Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica. Somente médicos especializados em cirurgia plástica e membros da SBCP podem operar.

A relação médico-paciente deve ser a mais transparente possível: na consulta pré-operatória, conte ao médico suas reais queixas e suas reais expectativas. Ter autoconhecimento é essencial, pois nossa autoestima é a soma de nos sentirmos bem fisicamente e psicologicamente. O sucesso da cirurgia vai depender da tríade: relação transparente + exames pré-operatórios + cuidados pós-operatórios.

Nenhum detalhe deve ser ocultado: relate ao médico seus problemas de saúde. Pacientes com doenças prévias como diabetes, doenças cardíacas e hipertensão vão precisar de uma avaliação também com seu médico clínico. Fumantes apresentam grandes riscos por causa da sua baixa vascularização: a cicatrização é muito mais lenta. Portanto, o ideal é parar de fumar com três meses de antecedência à cirurgia.

Quando se fala em exames pré-operatórios, falamos de exame de sangue e eletrocardiograma, além da visita pré-cirúrgica ao anestesista, tão importante quanto a visita ao cirurgião. Dependendo do paciente e da cirurgia também se farão necessários exames mais específicos como mamografia ou tomografia dos ossos nasais, por exemplo.

Médico escolhido e dúvidas sanadas, é hora de escolher o hospital. Isso mesmo: hospital ou clínica de cirurgia plástica credenciada pelo CRM (Conselho Regional de Medicina). Por menor que seja a intervenção, não se pode realizar cirurgias plásticas em consultórios ou salões de beleza. 

A última etapa do processo é o pós-operatório: devemos ter consciên­cia e nos programar para ficar de repouso por, no mínimo, 15 dias sem esforços físicos. Cirurgias plásticas de contorno corporal necessitarão do uso de cintas modeladoras ou sutiãs durante todo o primeiro mês pós-cirúrgico.

Se você sonha com uma intervenção cirúrgica, pode realizar! Basta se planejar e conhecer todos os procedimentos pré e pós-operatórios. A decisão pela cirurgia plástica precisa ser pessoal, pois ela vai impactar diretamente na sua qualidade de vida e bem estar. 

 

Mitos e verdades 

A medicina e a tecnologia avançam e mitos sobre a cirurgia plástica vão caindo. A idade mínima para cirurgia, o local da cicatriz, o tempo de recuperação... essas variáveis dependem de paciente para paciente, mas algumas dúvidas ainda são muito comuns!

 


Lipoaspiração

A lipoaspiração não é um método de emagrecimento. Ela é indicada para eliminar gordura localizada em pacientes que estão em uma faixa de peso adequada ou levemente acima para seu biotipo. Pacientes obesos não se beneficiam desta cirurgia, pois a própria obesidade é um problema de saúde que impede qualquer cirurgia plástica. Se o paciente passou por um emagrecimento e mesmo com a academia não conseguiu eliminar aquela adiposidade localizada, aí entra a lipoaspiração, gerando excelentes resultados.

 

Silicone

Você não precisa anotar para lembrar de trocar suas próteses a cada dez anos. As próteses mamárias fabricadas atualmente não possuem mais um prazo de validade como antigamente. Elas também não interferem em nada na amamentação. Só será necessária a troca das próteses para uma pequena parcela de pacientes que apresentam complicações na sua evolução pós-operatória como infecções, rupturas ou contraturas em suas cápsulas. 

 

Botox

O botox não é indicado somente para pessoas de meia idade com ritides faciais (rugas). Ele pode ser aplicado em pacientes jovens, a partir de 25 anos, que desejam prevenir que as linhas de expressão se transformem nas temidas rugas. O botox também pode ser aplicado com a finalidade de tratamento de cefaléias e enxaquecas.

 

Qual a melhor época do ano para fazer cirurgia?

A cirurgia plástica pode ser realizada em qualquer época do ano. Os pacientes procuram realizar a cirurgia plástica principalmente no inverno, devido à disponibilidade maior de tempo para a recuperação até o verão. Assim, não se expõem as cicatrizes e equimoses (manchas arroxeadas). Como também não se indica a exposição solar após uma cirurgia plástica, melhor fazer durante o inverno para garantir um contorno corporal lindo para a temporada litorânea. A cirurgia plástica é um procedimento muito seguro. Basta escolher um médico cadastrado na Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica, optar por um hospital ou clínica credenciada para a realização da cirurgia, fazer uma boa avaliação médica e exames pré-operatórios, avaliação pré-anestésica e cuidados pós-operatórios.

 


Lourenço Teixeira

lourencoteixeira@hotmail.com

www.lourencoteixeira.com.br


 


 

Comentários