Revista Acontece Sul

Honda é a 3ª marca mais valiosa do mundo no setor automotivo

Por Editor Chefe e produtor do Caderno Carros & Cia - Paulo Rodrigues em Carros & Cia - sexta, 04 de junho de 2010

Entre todos os segmentos, a empresa figura na 46ª colocação do ranking “BrandZ Top 100”, desenvolvido pela consultoria Milward Brown
A Honda é a terceira marca mais valiosa do mundo entre as fabricantes de automóveis. É o que retrata a quinta edição do ranking “BrandZ Top 100”, divulgado recentemente pela consultoria internacional Millward Brown.
No ranking geral, de todos os segmentos, a Honda assegurou a 46ª posição entre as 100 principais colocadas na pesquisa da Millward Browm, que faz uma análise profunda dos mais diversos setores da economia e mede o valor financeiro de cada marca, caso estas fossem comercializadas.
Recentemente, a Honda também foi destaque em estudo promovido pela Brand Finance, o das “100 marcas mais valiosas do Brasil”. Segundo a pesquisa, a empresa teve 54% de crescimento em seu valor e figurou entre as dez que mais evoluí­ram na lista.
Marca de prestígio
Ao longo dos anos, a Honda se transformou numa marca de prestígio. Em 2009, por exemplo, a empresa esteve entre as marcas mais lembradas pelo público na pesquisa realizada pelo Datafolha - 19ª edição do prêmio Top of Mind. Conquistou o primeiro lugar na categoria “Motos”, ficou entre as três primeiras no “Top Masculino” e ocupou o terceiro lugar entre as marcas internacionais mais lembradas pelos brasileiros.
No ano passado, também figurou com destaque no “2º Anuário Época de Negócios 100 – As Empresas de maior prestígio no Brasil 2009-2010”, que avaliou aproximadamente 230 empresas em diversos quesitos, como qualidade dos produtos ou serviços, confiança, postura inovadora, história e evolução da empresa.
Foi a primeira colocada no setor de motocicletas e obteve a segunda posição no setor de veículos. Entre as 100 empresas mais admiradas pelos brasileiros, ficou na 17ª colocação e ainda apareceu em oitavo lugar entre as marcas preferidas pelo público masculino.

Comentários