Revista Acontece Sul

Sistema Integrado de Mobilidade, o SIM Caxias

em Cidade - segunda, 07 de dezembro de 2015

Quando a planta viária de Caxias do Sul começou a ser projetada “para o futuro”, na primeira metade do século passado, a largura das ruas era adequada à expectativa de crescimento para algumas décadas. O progresso econômico, a ocupação urbana, a industrialização acelerada, o ritmo desenfreado por serviços públicos e a imigração constante acabaram por inviabilizar o modelo concebido. Os gestores públicos de Caxias do Sul entenderam que não havia mais como protelar uma mudança drástica de conceito na mobilidade urbana, mesmo que isso impactasse fortemente a cultura existente, de prevalência do transporte individual sobre o coletivo. Para isso, um conjunto de obras que viesse a facilitar o fluxo dos ônibus, reduzindo o tempo de travessia da cidade, melhorando o conforto dos passageiros e organizando o tráfego dos veículos, modelo já adotado em grandes centros urbanos do mundo, teria que ser adotado. 

E foi justamente com o objetivo de melhorar a mobilidade das pessoas, qualificando o transporte coletivo de forma a integrá-lo com pedestres e ciclistas, que a Prefeitura de Caxias do Sul decidiu implantar o Sistema Integrado de Mobilidade (SIM Caxias). Tecnicamente, o SIM prevê a priorização do transporte coletivo (ônibus), pedestres e veículos não motorizados (bicicletas), promovendo o convívio minimamente seguro entre os seres, tendo em vista que a cidade possui uma frota de aproximadamente 300 mil veículos. Porém, o Sistema Integrado de Mobilidade não é contra os carros. Na rua Sinimbu, por exemplo, veículos particulares terão uma pista a mais. Mas para que o SIM funcione a contento, a educação dos motoristas e pedestres será fundamental.

A maior intervenção viária da história

Definido o conceito, mapeou-se a demanda por infraestrutura. E desde os estudos ficou provado que o SIM Caxias é o maior conjunto de obras de infraestrutura viária já realizadas de uma só vez na história da cidade. Sua realização alterou completamente o cotidiano das pessoas, em especial da comunidade, acostumada a roteiros e itinerários que percorriam diariamente durante décadas para atravessar a cidade. A percepção dos benefícios que as mudanças trarão pode tardar um pouco, pelo menos até a conclusão das obras, mas a Administração tem convicção de que o SIM Caxias era inadiável e significará uma mudança de cultura na mobilidade de Caxias do Sul.

Os pontos de partida do SIM são a pavimentação em concreto dos corredores de ônibus das vias mais utilizadas pelo transporte coletivo e a repavimentação asfáltica dessas ruas, com nova sinalização viária, para melhorar as condições de trafegabilidade e segurança dos usuários do sistema, bem como a confiabilidade e eficiência do transporte coletivo.

Por que corredores em concreto

A escolha do corredor com base em concreto tem sustentação econômica. Conforme dados da Secretaria de Trânsito, Transportes e Mobilidade, o concreto é cerca de 40% mais caro do que o asfalto, mas esse tipo de piso diminui o desgaste dos ônibus, de seus componentes e peças, incluindo pneus, reduzindo despesas de manutenção, o que influencia na tarifa. Portanto, beneficia a população. Os corredores de ônibus estão sendo construídos em concreto pela maior resistência aos veículos BRTs articulados, ônibus capazes de suportar um número maior de passageiros. Este tipo de piso pode servir durante anos sem necessidade de reparos por causa de desgaste ou afundamentos causados pelo tráfego e pelo peso dos veículos. O detalhe é que o concreto necessita de 28 dias para secagem, o que levou as empresas contratadas a trabalharem também nos finais de semana. Tudo está previsto no cronograma de entrega das obras, que é de 365 dias. Elas precisam ser realizadas ao mesmo tempo, pois, para funcionar, precisam estar interligadas. Para minimizar os transtornos, as obras foram iniciadas em lados opostos da cidade, em vias paralelas. Na rua Pinheiro Machado, pelo lado leste. Na rua Sinimbu, pelo lado oeste.

Mais informações sobre o Sistema Integrado de Mobilidade estão disponíveis no site www.caxias.rs.gov.br. O site informa as ruas que estão em obras e liberadas, os desvios de trânsito e as alterações do transporte coletivo.

TRECHOS EXECUTADOS E LIBERADOS

Av. Júlio de Castilhos
Entre a BR-116 e a Treze de Maio

Rua Teixeira Mendes
Entre a Pinheiro Machado e a Avenida Itália

Rua Luiz Michelon
Entre a BR-116 e a Angelina Michielon

Rua Treze de Maio
Entre a Av. Júlio de Castilhos e a Pinheiro Machado

Rua Sinimbu
Entre a Feijó Júnior e a Moreira César
Cruzamento com a Andrade Neves
Cruzamento com a Pedro Tomasi
Cruzamento com a Dr. Montaury
Cruzamento com a Angelina Michielon
Cruzamento com a Visconde de Pelotas
Cruzamento com a Alfredo Chaves
Cruzamento com a Do Guia Lopes
Cruzamento com a Humberto de Campos
Cruzamento com a Treze de Maio
Cruzamento com a Marquês do Herval
Cruzamento com a Borges de Medeiros
Cruzamento com a Vereador Mário Pezzi
Cruzamento com a Garibaldi

Rua Pinheiro Machado
Entre a Feijó Júnior e a Teixeira Mendes
Entre a Treze de Maio e a Alfredo Chaves
Cruzamento com a Andrade Neves
Cruzamento com a Moreira César
Cruzamento com a Coronel Flores
Cruzamento com a Dr. Montaury
Cruzamento com a Alfredo Chaves
Cruzamento com a Visconde de Pelotas
Cruzamento com a Venâncio Aires
Cruzamento com a Vereador Mário Pezzi
Cruzamento com a Feijó Júnior
Cruzamento com a Borges de Medeiros
Cruzamento com a Marquês do Herval
Cruzamento com a Marechal Floriano

Rua Moreira César
Cruzamento com a Maynardo Cardoso
Cruzamento com a Balduíno D’Arrigo
Cruzamento com a Pedro Moré

Comentários