Revista Acontece Sul

Quase mulher

Por Editor Chefe e produtor do Caderno Carros & Cia - Paulo Rodrigues em Diversos - tera, 09 de abril de 2013

No ar em “Salve Jorge”, Bruna Marquezine conta que ainda se vê como uma menina
Bruna Marquezine cresceu diante das câmaras. Desde os cinco anos, ela trabalha na tevê sem grandes intervalos. Atualmente com 17, Bruna vive a “periguete” Lurdinha em “Salve Jorge”. Uma garota nascida e criada no Complexo do Alemão que sonha em ser mulher de algum bandido para ter “status” em sua comunidade. Este é o primeiro papel em que a atriz tem traços mais de mulher que de menina, com uma clara exploração de seu corpo. “As pessoas podem até começar a me enxergar como um mulherão por causa da Lurdinha, mas eu ainda não me vejo assim”, confessa.
Para compor a “periguete”, Bruna teve de deixar a vergonha de lado. Já que uma das principais características de Lurdinha é ser uma garota oferecida. E isso fica claro não apenas no comportamento da personagem, mas principalmente em seu figurino, composto por calças apertadas, saias curtas e blusas que sempre deixam a barriga de fora. Além disso, tem muitos acessórios extravagantes e coloridos. “Me assustei quando vi o figurino pela primeira vez. Mas a caracterização ajudou muito a composição porque traz toda a postura da Lurdinha”, justifica.
Outro aspecto que diferencia Lurdinha da maioria dos papéis de Bruna é o humor. Acompanhada pelo núcleo do Morro do Alemão, a personagem faz comédia através de seu jeito exageradamente popular de falar, com gírias para todos os lados. Já quando se encontra na mansão de seu namorado Caíque, vivido por Duda Nagle, a moça assanhada se mostra engraçada pelo contraste de sua maneira simples de ser com o jeito refinado do local. “Eu já fiz muito drama e pouca comédia, então é bom poder mostrar esse meu outro lado”, analisa.
Apesar de ter pouca idade, Bruna já acumula 12 anos de experiência na tevê. Começou aos cinco anos fazendo participações em programas como “Gente Inocente” e “Sítio do Picapau Amarelo”. E, em 2003, foi chamada para interpretar Salete em “Mulheres Apaixonas”, seu primeiro papel em uma novela. “Eu lembro de pouca coisa dessa época, mas era tudo muito despretensioso. As coisas simplesmente foram acontecendo”, explica.
Na televisão, participou de programas infantis, séries e mais novelas. Fora da tevê, fez uma peça em 2003, chamada “Cosquinha”, escrita e dirigida por Ingrid Guimarães e Heloísa Périssé, e quatro longas, entre eles “Xuxa Abracadabra”, de  Moacyr Góes, e “Mais Uma Vez Amor”, dirigido por Rosane Svartman. E foi aprimorando sua interpretação através de seus trabalhos.
 
Planos de estudo
Este ano, Bruna Marquezine se forma no ensino médio. Entretanto, por causa da rotina agitada com as gravações de “Salve Jorge”, não pretende fazer faculdade ainda. “Tenho muita vontade de estudar teatro, talvez fazer um curso no exterior. Tudo isso vai me acrescentar muito como atriz”, justifica.
Já no futuro, Bruna não descarta a possibilidade de ingressar em uma universidade. Entre suas opções de curso, a preferida é o Cinema. “Quero participar de muitos longas ainda e também cursar Cinema”, adianta.
 
Instantâneas
 
l“Salve Jorge” é a segunda novela da Glória Perez em que Bruna atua. A primeira foi “América”, onde viveu uma menina cega.
lPara compor a personagem Lurdinha de “Salve Jorge”, a atriz conversou com várias moradoras do Complexo do Alemão.
lAinda por causa de Lurdinha, Bruna teve aulas para aprender a dançar funk.
lEsta é a segunda vez que a atriz interpreta uma personagem chamada Lurdinha. Em “Cobras & Lagartos”, deu vida a Lurdes Padilha.

Comentários