Revista Acontece Sul

Turismo - Baviera

em Diversos - quinta, 04 de julho de 2013

Cercado por encostas montanhosas, vinhedos exuberantes e castelos medievais, o rio Danúbio cativou músicos, artistas e poe­tas através dos séculos. Nesse Grand Tour STB visitamos Munique, o castelo de Neuschwanstein, a região alpina e a bucólica “Romantische Strasse”, além de explorar o charme do interior da Áustria e a belezas dos palácios de Viena e Budapeste.
Uma viagem pela história desde o período Romano, passando pela Idade Média, Império Austro-húngaro, a guerra fria até a Europa Unificada de hoje.
Começamos por Munique, capital da Baviera – o mais próspero dos 16 estados alemães e com a menor taxa de desemprego do pais de 4,7%. O primeiro ducado no sec. VI adota o cristianismo, que vai moldar a cultura local até hoje. Um povo conservador que esteve sob a mesma dinastia, Wittesbach, por 700 anos – 1180 ate 1918. Depois de percorrer o centro Olímpico de 72, parques e avenidas, circulamos por seu centro histórico e um típico almoço alemão no restaurante Hofbrauhaus.
Acompanhamos também o jogo decisivo da copa Europeia em uma tradicional cervejaria de Munique – a Augustiner Braustuben. Enfrentamento histórico entre o BAYERN de Munique e o time de DORTMUND pois pela primeira vez 2 times alemães se enfrentaram na final. Comemorar com os bávaros a conquista aqui na terra deles foi emocionante.
Seguimos depois para visita ao Castelo de Neuschwanstein, que inspirou o castelo da Disney, construído por Ludwig II da Baviera que governou de 1864 a 1886 – amante da música e das artes. Diagnosticado como louco e afastado do poder em função de suas extravagâncias arquitetônicas que levaram a quase ruína econômica do reino, seus três castelos são hoje a base da indústria turística local.
Nossa parada seguinte foi Garmisch-Partenkirchen, capital dos esportes de inverno e dos jogos olímpicos, e refinado resort alpino. Aqui se encontra a montanha mais alta da Alemanha, o Zugspitze (2962 metros).
Outro ponto alto da Baviera é a “Estrada Romântica” – uma rota por entre campos cultivados e povoados medievais. Começamos por Augsburg, uma metrópole fundada em tempos romanos, famosa durante a Idade Média pelas dinastias comerciais como a família Fugger – que elegia imperadores e tinha o monopólio dos minerais na Europa. Continuando pela Estrada Romântica visitando o povoado de Dinkelsbühl – murado em torno da catedral de S. Jorge.
O ponto final da Estrada Romântica é a encantadora Wurzburg às margens do rio Main, e circudanda por vinhedos. De um lado da ponte Alte Mainbricke a fortaleza Marienberg, onde casou o imperador Barbarossa, e do outro a catedral e a Residenz – um dos mais belos palácios barrocos da Europa - de onde os bispos controlaram por mais de mil anos a cidade.
A Baviera oferece uma sequência de belos cenários, ótima gastronomia e uma longa história com forte tradição cultural. Vale a pena conferir.
Mais informações sobre viagens pelo mundo com Beto Conte, diretor no Rio Grande do Sul do STB (www.stbrs.com), pelo e-mail betoconte@stb.com.br ou pelo telefone (54) 3028.1818 na unidade STB Trip & Travel em Caxias do Sul.

Comentários