Revista Acontece Sul

Turismo - Buda e Peste, a terra do povo Magyar

em Diversos - quinta, 08 de agosto de 2013

O rio Danúbio corta a cidade em duas partes: o centro histórico fica na colina do castelo, em BUDA, enquanto o centro comercial e administrativo estende-se pela planície de PESTE. Ambas partes da cidade foram unificadas com o nome de BUDAPESTE em 1873, sendo que, na virada do século, era considerada a capital cultural e intelectual do leste Europeu. Hoje, uma cidade de 2,2 milhões de habitantes, é a capital da Hungria.
BUDA - A maior atração turística de Budapeste é a colina do distrito do Castelo do Buda - Varhegy. O primeiro castelo foi construído no local pelo rei Bela IV após a invasão Mongol de 1241. Os maiores danos são bastante recentes, por ocasião da ocupação Alemã na II grande Guerra, quando 74% dos prédios foram danificados. O conjunto arquitetônico restaurado é maravilhoso. No extremo sul da colina encontra-se o Palácio Real que contem vários museus. O museu histórico de Budapeste é educativo, mas é imperdível a Galeria Nacional Húngara que contem a produção artística do século XI até nossos dias. Na igreja Mathias é onde ocorria à coroação real. Inicialmente construída em 1270, sofreu vários incêndios e no final do século XIX foi reconstruída no estilo Neo-Gótico. Junto à mesma, fica o Halaszbastya - uma série de torres e muros que oferecem uma vista esplendida do prédio do Parlamento na outra margem do Danúbio.
PESTE - Com a elevação do Império austro-húngaro em 1867, a Hungria necessitava de uma capital que se corresponde ao seu novo status. Peste, estando comprimida entre o rio e as muralhas, foi totalmente reestruturada em um período de 50 anos a partir de então. As muralhas deram lugar a grandes avenidas, construí­ram-se prédio, monumentos e parque. Vivia-se o período arquitetônico chamado ‘Ecleticismo’ que resultou em obras das mais diversas tendências: Neo-Gótico, Neo- Barroco. Neo Renascentista- mas uma mesma escala fez de Peste a cidade mais uniformemente eclé­tica da Europa. O cartão postal da cidade é o Parlamento, maior construção da Hungria , construído entre 1885 e 1094. Além dos prédios governamentais , culturais e religiosos, Peste é o centro comercial da cidade.
Budapeste concilia beleza, além de um povo comunicativo e distinto de todos os demais Europeus – os bravos Magyar.
 

Comentários