Revista Acontece Sul

É tempo de celebrar, com solidariedade

em Diversos - segunda, 09 de dezembro de 2013


Dezembro é, tipicamente, um mês de reflexão e confraternização. E esse comportamento humano e social reflete muito do que se aprendeu durante o ano, do que se batalhou e do que se compartilhou nas mais diversas áreas da vida. É tempo de renovar os laços familiares e as amizades. É época, também, de reforçar o espírito solidário, celebrar sucessos, revigorar as forças e planejar o novo ano que se aproxima.

Em Caxias do Sul, essa celebração ocorre de forma muito especial. As atividades natalinas nos bairros e principalmente no interior envolvem a comunidade em um clima positivo, adoçado pelo voluntariado e à ajuda ao próximo. Há também o envolvimento dos setores ligados ao comércio, à indústria, à área de serviços, ao poder público, às entidades sociais, às igrejas, aos agricultores, aos esportistas e aos autônomos. Enfim, todos, além evidentemente dos papais e mamães Noéis independentes e anônimos, que levam alegria e conforto por meio da doação de brinquedos, alimentos e, acima de tudo, atenção e carinho para quem precisa.

Vale ressaltar que mais do que a ajuda material, o apoio espiritual é muito importante, independente da crença. Até porque milagres acontecem diariamente, nas inusitadas e corriqueiras situações de nossas vidas. Basta manter as portas abertas. Com humildade, cabeça erguida, foco e alegria a caminhada se torna mais leve. O importante é nunca desistir. Como disse o Papa Francisco: "Deus dá as batalhas mais difíceis aos seus melhores soldados".

Por isso, que neste mês de dezembro, possamos apostar na solidariedade como forma de renovação e superação das dificuldades vividas. Afinal, um velho ciclo se vai e, então, a vida renasce em um Novo Ano, trazendo consigo seus pequenos e grandes aprendizados. Sempre com fé, disposição para o trabalho e vontade de fazer ainda melhor, porque essa é a nossa forma de ser. Um feliz e abençoado Natal e um bom Ano Novo a todos. Boas festas, com solidariedade!

Comentários