Revista Acontece Sul

MARKETING

Por Marketing - Maria Gorete Gedoz em Diversos - segunda, 09 de junho de 2014


 

Para Martins (1997), “uma marca é um produto ou serviço ao qual foram dados uma identidade, um nome e valor adicional de uma imagem de marca. A imagem é desenvolvida pela propaganda ou em todas as outras comunicações ao produto, incluindo a sua embalagem.”

Com base na definição desse autor, para destacar  a sua empresa das demais, você precisa de uma marca, um nome algumas vezes representado por  um  desenho símbolo. Essa marca deve representar o conceito do seu negócio e definir um posicionamento. Numa indústria ou em empresas prestadoras de serviços por exemplo, o cartão de visitas, a fachada da empresa, todo o material de expediente, os veículos, devem transmitir a mesma imagem. No marketing chamamos de identidade visual.  Por isso, a importância de uma marca se diferenciar entre os outros produtos, serviços ou empresas e, envolver o cliente com uma ótima imagem. Marcas vencedoras não apresentam  somente benefícios funcionais, mas criam benefícios emocionais que levam à lealdade do cliente. Isso não se aplica somente para produtos ou empresas, se aplica também para cidades, estados e países.   

Partindo desse contexto, o que diferencia a marca de um país para outro? Seriedade, educação, estrutura, saneamento, preocupação com o meio ambiente, além de tantas outras  variáveis.....  

Quanto mais atributos positivos tiver a marca, maior será o retorno para a empresa. E no caso de um país? Esse país vai atrair mais investimentos, vai aumentar a entrada de turistas e com eles muitas divisas, ou seja, entra dinheiro para  o nosso caixa.

E o que fazer, quando  lemos  em diversos veículos de comunicação do mundo,  informações negativas sobre a nossa marca Brasil, como por exemplo: 

“O Brasil teve sete anos para erguer seus estádios e vai organizar daqui  um mês, a Copa do Mundo mais cara  da história”;

 “ O Brasil investiu mais de 8 bilhões de reais na reforma e construção dos estádios. Valor que é equivalente  a soma  do que foi gasto na Alemanha em 2006  e Africa do Sul em 2010;” 

“Jérôme Valcke disse que viveu um inferno no trabalho de preparação para a copa de 2014.  Ele admitiu que a  Fifa teve de reduzir as exigências  para os estádios do Brasil”;

Além desses comentários, muitos outros são publicados diariamente em  diferentes países,  a grande maioria  falando sobre a  falta de segurança no país.

Sabemos que essas matérias jornalísticas, expressam a nossa realidade, então o que fazer?

Qual a imagem de marca que queremos?

 

Comentários